fbpx

É possível remover as cutículas com perfeição sem usar alicate?

– Utilizando cureta e emoliente, sim! É possível remover as cutículas com perfeição sem usar alicate. Inclusive, eles ajudam a anular os riscos de cortes e infecções durante o processo de cutilagem e induzem o afinamento da cutícula

– A Unhas Cariocas, que tem como diferencial de negócio a remoção de cutículas sem uso do alicate, mostra como o procedimento é melhor e mais benéfico

A paroníquia, ou panarício, é uma infecção ao redor da unha iniciada por alguns fatores, entre eles um ferimento quando a manicure “tira aquele bifinho”. O sintoma é uma inflamação nas unhas, que se evidencia com vermelhidão e dor, podendo haver pus.

Esta ação de machucar as unhas na cutilagem pode ser ainda mais séria, já que a pele é uma barreira natural contra microrganismos. Sendo assim, lesões, mesmo que pequenas como estas, facilitam a entrada e a proliferação de vírus, bactérias e fungos. Desta forma, você pode ficar mais suscetível a doenças, micoses e, até mesmo, alterações no formato e na cor das unhas, sejam das mãos ou dos pés.

Além do cuidado que a profissional precisa ter para realizar o procedimento, o alicate é o grande vilão por permitir que as feridas aconteçam.

O alicate oferece muitos malefícios, segundo Marina Groke, especialista em unhas e diretora de operações da Unhas Cariocas, maior e principal rede de franquias de esmalteria do Brasil, que tem como diferencial de negócio a remoção de cutículas.

“Além do alto risco de corte e de provocar um trauma que propicia o surgimento de inflamações na região ao redor da unha, como carne esponjosa e até unhas encravadas, tirar as cutículas com o alicate estimula ainda mais o seu crescimento”, afirma.

Mas como tirar as cutículas sem o alicate?
Para Marina, a resposta é fácil. “Basta utilizar uma cureta e um emoliente”, declara.

A executiva foi responsável pela criação do método Emolieta (emoliente e cureta), próprio e único da Unhas Cariocas, que retira totalmente as cutículas sem machucar, promovendo melhores resultados, se comparados com o alicate e, ainda, oferece um tratamento para as unhas, mãos e pés.

“Quando você utiliza alicate para cutilagem, você está “fazendo as cutículas” e quando você usa o método Emolieta, você está tratando suas cutículas. Com o nosso método exclusivo, além de anular os riscos de cortes e infecções durante o processo de cutilagem, há uma indução no afinamento da cutícula, ou seja, se utilizado com regularidade, estimula uma desaceleração do crescimento da cutícula e seu consequente afinamento. Isso acontece porque o emoliente é responsável por soltar as peles mortas, aquelas que o corpo já rejeitou. Unindo isso ao uso da cureta para a coleta, o método traz os melhores resultados, tirando 100% de toda a cutícula”, conta Groke.

Desta forma, o método exclusivo da Unhas Cariocas de utilizar o emoliente e a cureta, traz melhores e mais seguros resultados, já que não utiliza nenhum instrumento de corte para a remoção.

E qual o segredo?

Marina Groke deixa claro que o principal agente neste processo é o emoliente, que no caso da Unhas Cariocas é de produção própria. “Ele solta 100% da cutícula sem necessidade de instrumentos de corte, como o alicate. A cureta fica responsável apenas por coletar as peles que o produto já soltou dos dedos. E o resultado é muito melhor e muito mais saudável”, finaliza a especialista.

Confira também:

Fique por dentro das novidades e dicas de moda e beleza com o #TrendsCHK.
Siga a gente nas redes sociais @trendschk.

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Eduarda Costa

Deixe um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com