fbpx

confira receitas típicas feitas com milho para aproveitar a festança sem prejudicar o bolso

Última semana de festa junina em 2024: confira receitas típicas feitas com milho para aproveitar a festança sem prejudicar o bolso!

Descubra como o milho pode melhorar sua saúde e conheça receitas regionais ensinadas por uma profissional da área de Nutrição. Curau, pamonha e cuscuz estão entre as delícias

O mês de junho é marcado por festas e tradições em todo o Brasil. Em 2024, as festas juninas no Brasil devem movimentar cerca de R$ 7 bilhões, mobilizando mais de 26,2 milhões de pessoas em torno de quermesses, arraiás e outros eventos recheados com delícias típicas, entre as quais o milho se destaca como um dos principais ingredientes.

Protagonista de muitas receitas, o milho, além de saboroso e acessível, é um alimento rico em nutrientes e traz diversos benefícios para a saúde. “O milho tem um perfil nutricional único, sendo uma perfeita combinação de fibras, carboidratos, vitaminas e minerais. Um dos principais benefícios para quem consome o alimento é a fonte de energia”, explica Carla Kellyanne Petuba Magalhães, profissional da área de Nutrição do AmorSaúde, a maior rede de clínicas médico-odontológicas do Brasil.

Além de fonte de energia, outro benefício do milho é a presença de fibras, conforme explica a profissional. “Por ser fonte de fibras, o milho contribui para a saúde intestinal e promove aquela sensação maravilhosa de saciedade. Ajuda também a controlar níveis de colesterol e de açúcar no sangue, o que faz dele um alimento bem completo, ideal para incluir na dieta”, indica Carla, ressaltando que a única contraindicação é para alérgicos. “Para quem é alérgico, tem que evitar mesmo. Caso contrário, pode comer tranquilamente. Só ficar atento à quantidade, principalmente se a pessoa for diabética, por se tratar de um carboidrato”, completa.

Receitas regionais com milho

Cada região do Brasil tem suas próprias receitas típicas com milho, que variam em sabor e preparo.

Na hora de fazer a sua receita, pode surgir a dúvida sobre qual tipo de milho usar: fresco, enlatado ou processado. Será que existem diferenças entre eles? Carla diz que sim. “O milho processado passa por todos os processos de industrialização, então é um alimento cheio de aditivos, ou seja, rico em sódio, que faz muito mal à saúde. Já o milho fresco não tem nenhum aditivo, ou seja, é aquele que a gente planta, colhe, vai pra cozinha e come. Por fim, o enlatado, a depender da marca, só tem três ingredientes: milho, sal e água, então não é tão nocivo à saúde. Por isso é preciso ficar atento à lista de ingredientes. Quanto maior for a lista de ingredientes, mais perigoso o alimento se torna”, alerta.

Confira nove receitas elaboradas a base de milho, ensinadas passo a passo pela profissional da área de Nutrição da rede AmorSaúde.

Pamonha (Centro-Oeste)

Ingredientes

• 12 espigas de milho verde com a palha;

• 1 copo de água;

• 2 xícaras de açúcar;

• 1 xícara de coco ralado fino;

• 1 pitada de sal.

Modo de preparo

Limpe as espigas de milho e, em seguida, rale-as ou corte-as rente ao sabugo. Depois, bata no liquidificador junto com a água. Junte o coco, o açúcar e mexa bastante. Distribua a massa na palha de milho e amarre bem. Em uma panela grande coloque água para ferver. Após a fervura completa da água, vá colocando as pamonhas, uma a uma. Importante: a água deve estar realmente fervendo para receber as pamonhas, caso contrário elas vão se desfazer. Cozinhe por aproximadamente 40 minutos, retirando as pamonhas com o auxílio de uma escumadeira. Deixe esfriar em local fresco.

Curau (Sudeste)

Ingredientes

• 4 espigas de milho (cerca de 3 xícaras de grãos debulhados);

• 2 xícaras de leite;

• ¾ de xícara de açúcar;

• canela em pó a gosto para polvilhar.

Modo de preparo

Limpe as espigas de milho e, em seguida, debulhe-as. Para isso, apoie a espiga de milho em pé na tábua e corte os grãos de milho com uma faca. Em seguida, bata o milho com o leite no liquidificador e passe a mistura por uma peneira, extraindo todo o líquido e descartando o bagaço. Leve a mistura ao fogo médio junto com o açúcar, mexendo com um batedor de arame até começar a ferver. Abaixe o fogo e continue mexendo por mais cinco minutos, até formar um creme grosso. Atenção: se o curau começar a empelotar ou grudar no fundo da panela, retire do fogo e mexa bem até desempelotar. Com o auxílio de uma concha, distribua o creme em tigelas individuais e leve para a geladeira. Deixe esfriar por cerca de uma hora. Sirva polvilhado com canela em pó.

Bolo de Milho (Norte)

Ingredientes

• 1 lata de milho;

• 1 medida de leite (use a mesma quantidade da lata de milho);

• 1 medida de açúcar (use a mesma quantidade da lata de milho);

• 1 medida de milho flocão (use a mesma quantidade da lata de milho);

• ½ medida de óleo de soja (use 1/2 lata de milho);

• 4 ovos;

• 1 colher de sopa de fermento em pó.

Modo de preparo

No liquidificador, bata o milho, o leite, o açúcar, o milho flocão, o óleo e os ovos até virar um creme. Adicione o fermento em pó e pulse três vezes, apenas para misturar o fermento. Em seguida, despeje a mistura em uma forma previamente untada com margarina e farinha de trigo. Leve para assar em forno médio por cerca de 40 minutos, até ficar dourado. Espere esfriar e sirva.

Canjica (Nordeste)

Ingredientes

• 1 kg de milho para canjica amarela;

• 1 litro de leite;

• 1 lata de leite condensado;

• 1 xícara de açúcar;

• 1 pacote de 50 g de cravo.

Modo de preparo

Em uma bacia com água filtrada, coloque a canjica de molho por duas horas. Após esse tempo, escorra e coloque para cozinhar por 40 minutos em uma panela de pressão. Terminada a pressão, escorra a água e acrescente leite, açúcar, leite condensado e cravo. Leve ao fogo novamente, tomando cuidado para que o leite não derrame.

Milho Cozido (Sul)

Ingredientes

• 4 espigas de milho-verde;

• Sal a gosto;

• Manteiga a gosto para servir.

Modo de preparo

Descarte a palha, o cabelo e lave bem as espigas de milho sob água corrente com uma escovinha própria para legumes. Transfira para uma panela grande, cubra com água e adicione 1 1⁄2 colher (chá) de sal. Leve ao fogo alto. Assim que a água ferver, diminua o fogo para médio e deixe cozinhar por cerca de 30 minutos, ou até que os grãos de milho estejam macios. Com uma pinça, transfira os milhos cozidos para uma travessa e sirva a seguir com sal a gosto e manteiga.

Cuscuz paulista (Sudeste)

Ingredientes

• 1 cebola média picada;

• 1/3 de xícara de azeite de oliva;

• 1/2 pimentão vermelho picado;

• 1 lata de ervilha escorrida;

• 1 lata de milho escorrido;

• 1/2 xícara de azeitonas verdes picadas grosseiramente;

• 1 sachê de molho de tomate;

• 2 latas de sardinha escorrida;

• 1/4 de xícara de cheiro-verde picado;

• 2 xícaras de caldo de legumes fervente;

• 3 xícaras de farinha de milho flocada;

• Sal e pimenta calabresa.

Modo de preparo

Em uma panela, refogue a cebola no azeite até murchar. Em seguida, junte o pimentão, a ervilha, o milho e a azeitona. Refogue por um minuto. Acrescente o molho de tomate, metade da sardinha, o cheiro-verde e o caldo de legumes. Ao ferver, acrescente a farinha de milho mexendo sempre. Tempere com sal e pimenta calabresa a gosto e cozinhe por mais cinco minutos, sem parar de mexer.

Cuscuz nordestino (Nordeste)

Ingredientes

• 1½ xícara de farinha de milho flocada;

• ½ colher de chá de sal;

• ¾ de xícara de água.

Modo de preparo

Numa tigela, misture a farinha de milho com o sal e acrescente, aos poucos, a água, mexendo sempre com uma colher. Deixe hidratar por 10 minutos e, em seguida, coloque a mistura na cuscuzeira, sem compactar. Tampe e leve para cozinhar em fogo alto. Abaixe o fogo quando começar a ferver e deixe cozinhar por mais 10 minutos. Desligue o fogo e desenforme o cuscuz.

Mingau de milho verde (Norte)

Ingredientes

• 2 xícaras de milho verde fresco ou congelado;

• 1 xícara de leite;

• 1/2 xícara de água;

• 3 colheres de sopa de açúcar;

• Uma pitada de sal;

• Canela em pó (opcional).

Modo de preparo

Em um liquidificador, bata o milho verde fresco junto com o leite e com a água até obter uma mistura homogênea. Em seguida, passe a mistura por uma peneira, descartando os sólidos. Leve a mistura líquida ao fogo médio, adicione o açúcar e o sal, e cozinhe até engrossar, mexendo sempre. Sirva quente e, se quiser, polvilhe canela em pó.

Pipoca doce (Sudeste)

Ingredientes  

• 4 colheres de sopa de milho para pipoca;

• 4 colheres de sopa de açúcar;

• 4 colheres de sopa de água;

• 3 colheres de sopa de óleo.

Modo de preparo

Numa panela de fundo grosso, misturar todos os ingredientes, tampar e levar ao fogo médio. Mexa sempre até estourar todo o milho. A dica aqui é usar luvas de proteção térmica. Quando os estouros cessarem, retire a pipoca da panela e coloque-a no recipiente em que será servida.

Confira também:

Fique por dentro das novidades com a #TrendsCHK.
Siga a gente nas redes sociais @trendschk.

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Lucas Nóbrega

Deixe um comentário