fbpx

Nathália Zannin abrirá um salão de beleza e quer ajudar outras mulheres a serem empoderadas

“Venho descobrindo uma nova mulher dentro de mim, quero ajudar outras mulheres a também se descobrirem e se aceitarem”, disse a modelo e empresária.

Nathália Zannin não consegue ficar parada. Uma mulher multifacetada, ela dança no Domingão do Huck, é modelo, digital influencer e empresária. Seu novo empreendimento é um salão de beleza. Empoderada, ela quer, com o estabelecimento, poder ajudar outras mulheres a se aceitarem e elevarem a autoestima.

“Quero cuidar e elevar a autoestima das clientes. O salão, além de ser um lugar para cuidar da estética, é também um lugar onde você faz amizades, conta seus problemas e se abre com as profissionais. Quero que seja um ambiente onde possamos acolher umas às outras e trocar experiências também”, destaca.

Recentemente, Nathália passou por uma transição capilar e foi por essa experiência, de entender que o cabelo transcende a esfera estética e ajuda na construção da autoestima e identidade, que ela desejou e idealizou levar para o seu salão o empoderamento e a inspiração.

“Acredito que quando você entende quem é, aceita suas raízes, você automaticamente se empodera. Não importa os ruídos externos, quando você tem certeza de quem você é. Ninguém é feliz vivendo um personagem e para mim, a construção da imagem começa de dentro para fora”, afirma.

A modelo deu detalhes de como foi o processo de transição capilar. “Está sendo libertador! Amo meu cabelo, estou amando me aceitar cada vez mais como eu sou, aprendendo diariamente com meus erros que para mim são aprendizados, porque afinal, o que é certo ou errado mesmo, não é? Essa transição veio em um momento de aceitação, autoconhecimento e desenvolvimento, transcende a questão estética”, revela.

A influenciadora admite que sempre foi muito vaidosa desde criança. E as mudanças em seu visual, a tornaram mais forte e consciente.

“E agora, como venho descobrindo uma nova mulher dentro de mim, quero ajudar outras mulheres a também se descobrirem e se aceitarem. Toda mulher tem uma força dentro de si, e o patriarcado por muito tempo quis tirar esse nosso direito, mas acho que cada vez mais as mulheres estão se conscientizando e se unindo, lutando por direitos iguais. Eu quero fazer parte dessa luta”, enfatiza. 

E ela não vai parar por aí. A empresária já pensa em novos empreendimentos, todos relacionados ao universo feminino. “Quero deixar o salão funcionando bem, tem bastante coisa a ser feita ainda, mas já estou estudando minha linha de cosméticos, Make e Summer. 2022 será um ano de muito trabalho, descobertas, empreendedorismo, estudos e novidades! Estou confiante e ansiosa, mas tudo será em prol de ajudar outras mulheres a se aceitarem e se amarem do jeitinho que elas são”, conclui.

 

Confira também:

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Ana Leichiringue

Deixe um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com