fbpx

Construção de casas on demand: do dinheiro às chaves

Construção de casas on demand: do dinheiro às chaves

A revolução digital na construção civil trouxe consigo uma série de benefícios, transformando radicalmente como as casas são concebidas e construídas. Dados da Softplan revelam que houve um aumento em 60% na produtividade das empresas do setor ao mesmo tempo, em que os trabalhos são realizados por times 30% menores. Ou seja, é possível produzir mais com menos pessoas, o que garante uma alta eficiência operacional. Outro impacto positivo é a mudança na forma como as pessoas consomem todo tipo de serviço, e não é diferente na hora de construir casas. Basta um computador, poucos cliques e algumas informações, e em alguns minutos é possível ter um projeto habitacional completo e totalmente personalizado, inclusive, com linhas de crédito que viabilizam a execução da obra. Foi apostando no potencial de crescimento desse mercado que a startup Minha Casa Financiada, ecossistema de soluções para o setor da construção civil, criou um modelo de negócio inovador que viabiliza o capital, o projeto, a construção e a entrega da casa, pronta para morar.

Além de simplificar a jornada do cliente, também contribui para a sustentabilidade e competitividade do setor, abrindo portas para uma nova era na maneira como as pessoas concebem e conquistam suas moradias. A startup se destaca no quesito inovação, pois além de proporcionar uma experiência 100% digital, também está transformando a maneira como as casas são construídas. A Minha Casa Financiada é a primeira empresa que traz ao Brasil um robô de impressão de casas 3D que promete entregar uma casa pronta, para receber apenas os acabamentos, em até 48 horas.

Vinícius Motta, CEO da Minha Casa Financiada, explica mais sobre a proposta do negócio. “Além de proporcionar uma experiência totalmente digital, a Minha Casa Financiada está revolucionando a construção de casas no Brasil. Somos pioneiros ao introduzir um robô de impressão de casas, capaz de entregar uma casa pronta, em até dois dias. Existem projetos pilotos, startups que estão construindo cômodos separados em 3D, mas um imóvel inteiro, totalmente customizado à necessidade do cliente, só a MCF tem”, afirma o porta-voz. Ainda segundo o executivo, já existe uma fila de espera para a construção de seis casas, usando o robô de impressão 3D, uma máquina da empresa americana ApiCor, que vendeu para a startup brasileira o direito de ser representante da marca na América Latina.

Dentro da plataforma alguns processos muito simples aproximam o cliente da casa nova. Primeiro passo é escolher o tipo de financiamento que se encaixa no perfil, depois precisa imputar algumas informações sobre renda e em seguida, a plataforma vai mostrar um comparativo com as melhores ofertas. Na etapa seguinte, o cliente começa a escolher o projeto que ele quer, selecionando desde a metragem dos cômodos até alguns acabamentos e, no final, ele visualiza um pré-projeto, feito em BIM, (Building Information Modeling), que consiste na representação digital e tridimensional das características físicas e funcionais de um imóvel, para o que poderá ser sua futura casa.

Motta enfatizou a praticidade e eficácia da Minha Casa Financiada, destacando: “Dentro da plataforma, simplificamos o caminho para a conquista da casa própria. Oferecemos uma variedade de opções de financiamento, permitindo que os clientes escolham aquela que melhor se alinha ao seu perfil financeiro e ao modelo de moradia ideal para a família. Nosso negócio já ajudou a construir mais de 6 mil casas por todo o Brasil, para 2024 nosso objetivo é ajudar a viabilizar a construção de mais 2 mil imóveis”, completa Motta.

Com seu modelo de negócio, a Minha Casa Financiada já transacionou quase R$ 6 bilhões em financiamento para a construção de casas em todo o Brasil, além disso, a startup projeta um VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 1,8 bilhões para 2024.

 

Confira também:

Fique por dentro das novidades com a #TrendsCHK.
Siga a gente nas redes sociais @trendschk.

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Lucas Nóbrega

Deixe um comentário