fbpx

Leveza, versatilidade e sofisticação são atributos da pedra Basaltina italiana no décor de interiores

Na composição de um projeto de arquitetura de interiores, tudo torna-se ainda mais interessante quando um mesmo material expressa sua versatilidade e caráter único marcando presença em mais de um ambiente e exercendo funções bem pensadas. O arquiteto Gustavo Martins, à frente do escritório que leva o seu nome, apostou nesse pensamento quando elegeu a Basaltina italiana para compor a tônica da Casa Å LEVE para a CASACOR São Paulo 2021, maior mostra do segmento nas Américas.

Inspirado no décor escandinavo, estilo das residências presentes no externo norte da Europa que engloba Noruega, Dinamarca e Suécia, o profissional partiu na busca por elementos que respondessem diretamente à sua motivação de evocar o conforto e o bem-estar no lar por meio de texturas leves, tons claros e elementos naturais. Com esse propósito, Gustavo trouxe para seu estúdio, de 118m², um material que tem atraído grande interessante dos visitantes: a rocha natural derivada da lava, do fogo e da terra.

Originária da Cava di Bagnoregio, na região central da Itália, a Basaltina está presente no piso de todos os ambientes, bem como na bancada do banheiro e, na cozinha, na área da pia, frontão e na ilha conectada com a área social. Além disso, com seu olhar preciso de arquiteto e designer de produtos, Gustavo apropriou-se na maleabilidade do material para executar o carrinho do bar.

Disponível em grandes formatos, a rocha natural oferece diversas texturas e, na arquitetura de interiores mundial, é aclamada por suas diversas texturas e a maneira como se harmoniza, tanto com o artesanal, como o industrial. Sua aparência minimalista, por meio dos traços únicos e a sutileza do cinza, configurou-se como um elemento ímpar incorporado na Casa Å LEVE para conceber um sutil contraponto com a delicadeza da madeira, que abraça o morador, e dos demais itens inseridos com o intuito de tornar cada ambiente um infinito particular. Com técnicas e maquinário que criam uma estética semiacabado ou acabado, a Basaltina valorizou ainda mais o projeto. Junto a isso, sua espessura fina facilita a aplicação, propiciando um visual clean.

Na Casa Å LEVE, (Viver, em norueguês), pedra Basaltina italiana se conecta com os outros elementos da decoração escandinava proposta por Gustavo. Singular e marcante, sua neutralidade chama atenção. “Em um primeiro momento, o entendimento é de uma rocha rústica ao toque. Tenho percebido, com satisfação, a admiração dos visitantes quando encostam suas mãos nas bancadas do banheiro e da cozinha e percebem o quão macia ela é”, revela o arquiteto Gustavo Martins.

A Balsatina nos ambientes da Casa Å LEVE

Pedra Basaltina italiana traz leveza e sofisticação no décor de interiores

O grande formato da Basaltina italiana e as juntas secas favoreceram a ideia de unidade visualizada no piso do dormitório | Foto: Gruta Fotografia – Alessandro Gruetzmacher

Leveza, versatilidade e sofisticação são atributos da pedra Basaltina italiana no décor de interioresLeveza, versatilidade e sofisticação são atributos da pedra Basaltina italiana no décor de interiores

Na cozinha, a aplicação da Basaltina na ilha, na conexão com a marcenaria dos armários, pia e frontão | Foto: Gruta Fotografia – Alessandro Gruetzmacher

Leveza, versatilidade e sofisticação são atributos da pedra Basaltina italiana no décor de interiores

No banheiro, a Basaltina está na superfície da bancada em formato cavalete| Foto: Gruta Fotografia – Alessandro Gruetzmacher

 

Confira também:

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Ana Leichiringue

Deixe um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com