fbpx

Alimentação vegetariana e vegana: estamos preparado?

Alimentação vegetariana e vegana: estamos preparado?

Goste ou não do programa, o Big Brother Brasil lança tendências e traz à tona temas relevantes. Um dos assuntos do momento é a alimentação das confinadas Yasmin Brunet (vegetariana) e Wanessa Camargo (vegana), ambas enfrentam o desafio da alimentação tanto na Xepa quanto no VIP. Dessa forma, a cozinha do BBB24 se transformou em um laboratório culinário cheio de aprendizados. E o que isso impacta no varejo supermercadista? Segundo o Vegan Business, se adotarmos a porcentagem mais conservadora (33%), temos que dos 30 milhões de brasileiros vegetarianos, cerca de 7 milhões seriam veganos. A Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ) orienta que os estabelecimentos devem se preparar para atender e fidelizar esse público.

 

Esses conceitos, ainda hoje, despertam dúvidas em muitas pessoas. Inclusive, diversos telespectadores se perguntam de onde vem a fonte de proteína dessas participantes. A Nutricionista do Supermercados Mundial ressalta a importância dos legumes, seus benefícios e a resposta para a pergunta dos telespectadores: “As leguminosas são uma excelente fonte de proteína. Além disso, são ricas em fibras, vitaminas e minerais, como o ferro, essenciais para uma alimentação nutricionalmente adequada”, explica Luana Godinho, nutricionista do Supermercados Mundial.

 

Versatilidade no prato

“As leguminosas não são apenas alimentos nutritivos, mas também opções multifuncionais na culinária, e dessa forma são capazes de se adaptar a uma infinidade de preparações”, afirma Luana que reforça a versatilidade desses itens: “Do grão-de-bico às lentilhas, esses ingredientes auxiliam em uma alimentação saudável e cheia de sabor”.

 

Desde hambúrgueres de feijão-preto até ensopados de lentilhas, as leguminosas oferecem um leque de possibilidades na cozinha. “Já pensou em fazer um chili vegano, onde o feijão se destaca como o ingrediente estrela? Ou quem sabe uma salada de grão-de-bico com um toque da culinária portuguesa ou até grega? A criatividade é o único limite quando se trata de incorporar esse grupo de alimentos em nosso cardápio diário”, fala a especialista.

 

Esses alimentos são ricos em proteína de origem vegetal. “Quando possível, sempre combine com arroz, tornando esse prato uma fonte completa de proteínas. Por serem ricos em fibras, aumentam a saciedade e diminuem a absorção da glicose, sendo assim também recomendados para o tratamento de pessoas com diabetes. Quando consumidas junto com uma fonte de vitamina C, como um suco de laranja ou um tempero com limão, as leguminosas fornecem alto teor de ferro para o organismo, auxiliando também na prevenção e tratamento de anemias”, explica.

 

  • Grão-de-Bico: rico em proteínas, fibras, ferro e cálcio. Contribui para a saúde digestiva, cardiovascular e dos ossos.
  • Lentilhas: excelente fonte de proteínas, ferro e ácido fólico. Ajudam na prevenção da anemia, no sistema nervoso e sistema imunológico.
  • Feijão: uma das principais fontes de proteína vegetal. Auxilia na manutenção do peso e na saúde do coração.
  • Ervilhas: boa fonte de proteína, fibras e antioxidantes. Contribui para a saúde ocular e da pele.
  • Soja: completa fonte de proteína vegetal, contendo todos os aminoácidos essenciais. Reduz o colesterol e melhora a saúde óssea.

 

Que tal experimentar uma salada proteica nesse calorão? Siga a receita da Luana Godinho e bom apetite!

 

Salada proteica:

Ingredientes: 1 xícara de grão-de-bico cozido / 1 xícara de lentilhas cozidas / 1 xícara de feijão cozido (pode ser o tipo de sua preferência) / 1/2 xícara de ervilhas cozidas / 1 xícara de edamame (soja verde) cozido / vegetais frescos a gosto (tomate, pepino, cenoura, etc.). Temperar com azeite, limão, sal e pimenta.

 

Modo de Preparo: em uma tigela grande, misture todos os ingredientes das leguminosas. Adicione os vegetais frescos cortados em cubos. Prepare o molho com azeite, suco de limão, sal e pimenta. Despeje o molho sobre a salada e misture bem. Sirva imediatamente ou leve à geladeira por um tempo para potencializar os sabores.

 

Confira também:

Fique por dentro das novidades com a #TrendsCHK.
Siga a gente nas redes sociais @trendschk.

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Lucas Nóbrega

Deixe um comentário