fbpx

Hospital pediátrico recebe mais de R$ 750 mil em doações

Hospital pediátrico recebe mais de R$ 750 mil em doações

Quem visita as exposições “Pegadas do Pequeno Príncipe” e “Chaves: A Exposição”, realizadas em São Paulo, está contribuindo com o atendimento de saúde de crianças e adolescentes de todo o Brasil, inclusive do Rio Grande do Sul, via telemedicina. Essa conexão é uma das formas de apoiar o maior e mais completo hospital pediátrico do país, o Pequeno Príncipe, com sede em Curitiba (PR) e está sendo possível graças a uma parceria formada por um grupo de produtores responsável pela criação e realização desses eventos, que está revertendo parte das bilheterias.

De Janeiro a Junho, já foram destinados mais de R$ 750 mil por meio desta iniciativa. A estimativa é que, até o final do ano, o repasse à instituição filantrópica supere R$ 1 milhão. O projeto começou em 2023 com “Pegadas do Pequeno Príncipe”, por conta da relação do Hospital com o personagem de Saint-Exupéry, mas foi estendido para “Chaves: A Exposição”.

“Eu acredito que pessoas que lutam pela mesma causa se atraem. Quando vislumbramos que lutamos, por meios diversos, para que a população possa ter seus direitos garantidos, nossa parceria se fortaleceu. Em nosso país, seis em cada dez crianças vivem em situação precária e, para nós, cuidar da saúde das crianças e adolescentes passa, necessariamente, pela promoção de arte e cultura. Afinal, é um direito delas”, reflete Ety Cristina Forte Carneiro, diretora-executiva do Hospital Pequeno Príncipe.

De acordo com Felipe Reif, sócio da Deeplab Project, uma das produtoras do grupo que estabeleceu a parceria com o Hospital, trata-se de uma relação ganha-ganha: “Ganha a sociedade, com uma exposição formidável e democrática; ganham os patrocinadores do projeto com a alta visibilidade; ganha o museu, com um alto fluxo de público e ganha a população atendida e apoiada pelo hospital”, diz Reif.

Além de parte da bilheteria, os pacientes da instituição recebem, por meio dessa parceria, ações presenciais. No caso de Chaves: A Exposição, são contações de histórias. Serão 15 encontros realizados pela trupe Ave Lola nos ambulatórios da instituição, promovendo acesso à cultura para os pacientes e seus familiares e garantindo, dessa forma, a efetivação dos direitos fundamentais das crianças e dos adolescentes em tratamento.

Sobre o Pequeno Príncipe

Com sede em Curitiba/PR, o Pequeno Príncipe, maior e mais completo hospital pediátrico do País, é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que oferece assistência hospitalar há mais de 100 anos para crianças e adolescentes de todo o Brasil. É referência nacional em tratamentos de média e alta complexidades, como transplantes de rim, fígado, coração, ossos e medula óssea. Com 369 leitos, incluídas as 76 UTIs, atende em 47 especialidades e áreas da pediatria que contemplam diagnóstico e tratamento, com equipes multiprofissionais, e promove 60% dos atendimentos via Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2023, realizou cerca de 228 mil atendimentos ambulatoriais, 20 mil cirurgias e 307 transplantes. Pelo terceiro ano consecutivo, a instituição figura como o melhor hospital exclusivamente pediátrico da América Latina, de acordo com um ranking elaborado pela revista norte-americana Newsweek.

Confira também:

Fique por dentro das novidades com a #TrendsCHK.
Siga a gente nas redes sociais @trendschk.

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Lucas Nóbrega

Deixe um comentário