fbpx

Conheça o centro histórico de Florença

Florença é história, tradição, arte e cultura. A capital da Toscana possui um “charme sutil”, como Stendhal a descreveu, e possui um legado histórico-artístico conhecido em todo o mundo.

O centro histórico de Florença é um arquivo vivo da cultura europeia e italiana, composto por propriedades que fizeram Florença ser uma das primeiras localidades italianas a receber o título de Patrimônio Mundial da UNESCO, em 1982.


Firenze – Veduta panoramica

 Catedral de Florença

A antiga Florentia, como era chamada em 59 a.C., foi protagonista na história italiana e europeia desde seu início. Como capital da Itália por alguns anos, a cidade deu origem a inúmeros artistas que não apenas contribuíram, mas essencialmente criaram a arte e a literatura no século XIII. Petrarca, Boccaccio, Brunelleschi, Michelangelo, Cimabue, Leonardo Da Vinci, Lorenzo de Médici e Nicolau Maquiavel demonstraram que Florença é uma história melhor contada por meio de suas obras-primas artísticas e literárias.

Dante Alighieri nasceu em Florença em 1265, e se tornou um símbolo de sua cidade natal que ele, por sua vez, tornou icônica.

Além disso, no mesmo século, o famoso arquiteto Filippo Brunelleschi projetou a cúpula da Catedral de Florença, a Basílica de Santa Maria del Fiore. Vale citar o campanário gótico de Giotto, adornando um lado da Catedral, cuja fachada ostenta os “Portões do Paraíso”, nome dado por Michelangelo à singular obra de bronze de Ghiberti. Ambos estão voltados para o Batistério de São João, revestido de incrustações de mármore branco de Carrara e mármore verde de Prato.

Firenze – Ponte Vecchio

Centro histórico de Florença

Movendo-se pelas ruas estreitas do centro histórico de Florença, é possível imaginar a intensa e agitada atividade mercantil e os segredos e intrigas da política que marcaram a história da cidade – como por exemplo, na Piazza della Signoria, onde uma cópia do majestoso Davi de Michelangelo complementa a paisagem. A estátua original, agora alojada dentro do Museo dell’Accademia, costumava ficar na Loggia della Signoria, uma autêntica galeria de arte ao ar livre. Perpendicular à Loggia está o Palazzo Vecchio, um dos edifícios públicos mais importantes da Itália medieval.

É a partir daqui que os visitantes entram na Galleria Uffizi, além disso é o museu de arte moderna mais antigo da Europa.

A vida florentina também se desenrola ao longo do Arno, o rio que atravessa a cidade. Um passeio pela Ponte Vecchio, observando as vitrines de suas históricas oficinas de ouro e prata, é obrigatório. A parte do (longo) corredor de Vasari que conecta os palazzi na margem direita com o Palazzo Pitti na esquerda, foi usada pela família Médici como uma passagem protegida através da qual eles poderiam chegar a sua residência.

Firenze – Statua del Perseo (Benvenuto Cellini) | Piazza della Signoria

Palazzo Pitti

O Palazzo Pitti é a estrutura mais monumental de Florença e hospeda a Galeria Palatina com obras de Giorgione, Rafael e Tintoretto. Dali, entrando nos Jardins Boboli, com suas estátuas e fontes ornamentadas, pode-se imaginar as suntuosas festas da corte que aconteciam em meio a grutas, esculturas, nascentes de água e espécies raras de plantas.

Durante o mesmo período em que Dante se tornou o Pai da Língua Italiana, Giotto revolucionou a pintura ao introduzir a perspectiva visual, como evidenciado pelo “Crucifixo”, quadro localizado na Igreja de Santa Maria Novella, uma obra-prima gótica que também conserva um afresco extraordinário de Masaccio. As Capelas Peruzzi e Bardi, dentro da magnífica Basílica de Santa Croce, são decoradas com outras importantes obras de Masaccio. Perto dali também está o Davi em bronze de Donatello, bem como o busto de Brutus de Michelangelo, ambos em exibição no Museo Nazionale del Bargello.

Florence – Mosaic in St. John’s Baptistry

Não perca:

Não só pelo bom gosto em comida e vinho, como também Florença é uma cidade milenar que conhece diversão, música, shows e esportes.

Para desfrutar ao máximo da magia da cidade e seus arredores, caminhe pelas colinas que a cercam; observar o pôr-do-sol sobre o Arno é uma das melhores maneiras de viver a magia de Florença.

Os amantes da moda, costumam se reunir na Piazza della Repubblica, centro onde abundam os cafés e oportunidades de compras (entre a elegante Via della Vigna Nuova e a Via Vacchereggia, repleta de butiques refinadas e edifícios suntuosos).

No bairro do Mercato Nuovo, a Fonte Porcellino, um javali de bronze, aguarda os visitantes que lhe lançarão moedas e farão pedidos.

Para localizar produtos artesanais florentinos característicos, pesquise as ruas medievais ao longo do rio, especialmente entre as pontes Grazie e Carraia.

 

Veja também:

 

Fique por dentro das novidades e dicas de moda e beleza com o #TrendsCHK.
Siga a gente nas redes sociais @trendschk.

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Ana Leichiringue

Deixe um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com