fbpx

Acne adulta: é normal? Tem tratamento?

Dermatologista explica as particularidades da acne na idade adulta

O processo inflamatório das glândulas sebáceas da pele, popularmente conhecido como acne, é comum e muito frequente. Ele ocorre principalmente na fase da adolescência, por conta do aumento da produção dos hormônios sexuais e podem causar pequenas lesões incômodas e que influenciam, na grande maioria das vezes, na autoestima das pessoas.

Apesar de ser mais comum na maturação da idade, a acne também é bastante vista em adultos, atingindo as mulheres com ainda mais frequência. Por isso, o dermatologista Lauro Rodolpho Soares Lopes, membro da Doctoralia , explica a importância do tratamento adequado e precoce.

Lauro Rodolpho Soares Lopes

Acne depois da puberdade

A acne durante o processo da puberdade é mais comum do que na fase adulta, no entanto, o dermatologista explica que nas pessoas adultas, principalmente nas mulheres, é devido ao excesso incomum dos hormônios que deveriam já ter se estabilizado.

“Algumas mulheres apresentam a inflamação quando elas possuem ovários policísticos ou quando há um distúrbio de produção hormonal que leva a esse excesso de andrógenos e esses estrógenos”. A acne em adultos é composta de lesões menores e mais espaçadas, geralmente na pele do rosto e pescoço. Sem espalhar para o restante do corpo como na adolescência, mas muito mais resistente que antes.

E o tratamento?

“Na verdade, a acne deve ser tratada individualmente e, para isso, deve-se recorrer ao dermatologista”, afirma Dr. Lauro. Isso porque as causas são muito variadas, podendo ter alguma alteração específica na pele que precisa ser corrigida como a infecção bacteriana, poros muito dilatados ou o desequilíbrio hormonal, por exemplo. É comum que as pessoas esperem “o desaparecimento espontâneo com o tempo” ou nem considerem a acne uma doença, de fato. Apesar disso, o controle é recomendável não só por razões estéticas, mas para prevenir cicatrizes que são mais difíceis de corrigir na idade adulta.

Os cuidados diários de limpeza da pele, evitar o sol sem proteção solar e diminuir o uso excessivo de maquiagem podem ajudar nesse quadro de acne adulta, “então, o paciente vai prevenir a piora da acne com esses cuidados mais estéticos, mas também com uma alimentação saudável e bons hábitos para estabilizar os hormônios e evitar o surgimento dessa acne”.

Medicamentos

Em alguns casos, onde a doença é muito resistente, além dos cuidados que serão implementados na rotina do paciente, pode ser necessário utilizar medicamentos via oral. No caso da mulher, a introdução de anticoncepcionais. “Por fim, também existe a isotretinoína oral, usada em último caso, quando já tentamos de tudo e não teve uma resposta eficaz”.

 

Veja também:

 

Fique por dentro das novidades e dicas de moda e beleza com o #TrendsCHK.
Siga a gente nas redes sociais @trendschk.

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Ana Leichiringue

Deixe um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com