fbpx

Resoluções para o novo ano: como aumentar seu bem-estar

Resoluções para o novo ano: como aumentar seu bem-estar

O novo ano já começou com tudo, e muitas pessoas refletem sobre o que é possível fazer para ter mais bem-estar e viver de forma mais saudável e feliz em 2024. A melhor maneira de atingir esses objetivos é adotar hábitos saudáveis, que são os pilares básicos para melhorar a qualidade de vida como um todo e assim, aumentar a longevidade.

Quer saber quais são esses hábitos e como de fato eles contribuem para esse resultado? Aqui estão sete resoluções-chave para um ano mais saudável e feliz, de acordo com o médico nutrólogo Nataniel Viuniski, membro do Conselho de Nutrição da Herbalife.

1. Adote uma nutrição inteligente
Priorize uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo. Incorpore alimentos saudáveis, como frutas, vegetais, proteínas magras e grãos integrais, que contribuem para manter o corpo nutrido e energizado. Eles também oferecem as fibras essenciais para o bom funcionamento do intestino, que é um dos órgãos mais estudados pela ciência, pelo seu papel na nossa saúde em geral e no nosso bem-estar. “Lembre-se ainda que um organismo bem nutrido também garante uma boa imunidade e contribui para prevenir doenças”, reforça o médico.

2. Pratique atividade física regular
Estabeleça uma rotina de exercícios que inclua aeróbicos, treino de força e de flexibilidade. Praticar esportes regularmente não apenas mantém a forma física, mas também promove saúde cardiovascular, fortalece ossos e contribui para a manutenção dos músculos, que são imprescindíveis para a autonomia das pessoas de idade mais avançada, nas atividades do dia a dia. “Estudos atuais também comprovam que os exercícios têm uma ação direta na formação de novas sinapses entre neurônios, contribuindo para prevenir vários tipos de demências”, acrescenta o nutrólogo.

3. Tenha uma hidratação adequada
A água representa cerca de 70% da composição do corpo humano, por isso, ela é essencial para todas as funções do organismo — desde a produção de hormônios e o reparo de tecidos, até a eliminação de toxinas. Portanto, é essencial beber água suficiente ao longo do dia. A hidratação adequada é vital para a saúde da pele, função dos rins e do intestino, e diversos outros processos corporais. “Se consumir água pura fica difícil, aposte também em chás e sucos com baixas calorias”, sugere Viuniski.

4. Priorize o sono
É durante o repouso que o corpo se regenera e equilibra sua produção hormonal, garantindo a manutenção da saúde mental e a regulação do peso, por exemplo. Portanto, não subestime a importância do descanso adequado. Garanta 7 a 8 horas de descanso todas as noites. “Procure ter uma rotina para descansar e acordar no mesmo horário em um ambiente totalmente escuro e tranquilo, e limite a exposição à luz azul de dispositivos eletrônicos antes de dormir”, orienta Dr. Nataniel.

5. Faça check-up regularmente
Consulte o seu profissional da saúde regularmente para checar suas condições clínicas, os níveis hormonais e de nutrientes em seu organismo. A prevenção é a chave para identificar e tratar precocemente possíveis problemas de saúde que atrapalham sua qualidade e longevidade.

6. Gerencie o estresse
O estresse crônico pode ter efeitos negativos significativos na saúde física e mental. Práticas como meditação, mindfulness, exercícios de respiração e hobbies relaxantes podem ajudar a gerenciá-lo. Além disso, mantenha uma rede de apoio social forte e busque ajuda profissional de um psicólogo quando necessário.

7. Reduza o consumo de álcool
Limitar a ingestão de bebidas alcoólicas pode ter um impacto positivo significativo, uma vez que o excesso está associado a uma variedade de problemas de saúde, incluindo doenças hepáticas e cardiovasculares. Sem contar que reduzir o álcool pode melhorar o sono, aumentar os níveis de energia e diminuir o risco de doenças crônicas.

Confira também:

Fique por dentro das novidades com a #TrendsCHK.
Siga a gente nas redes sociais @trendschk.

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Lucas Nóbrega

Deixe um comentário