fbpx

Desvendando a ginástica facial: mitos e verdades revelados

4 mitos e verdades sobre ginástica facial

Mitos e verdades circulam sobre a eficácia da ginástica facial para melhorar a saúde e o bem-estar. Aline Senatore, especialista em ginástica facial, esclarece as dúvidas por trás desse exercício

A ginástica facial tem se popularizado, especialmente entre aqueles que buscam uma aparência mais jovem e saudável de forma natural e sem procedimentos estéticos.

Mas, como qualquer exercício ou técnica para melhorar a saúde, o bem-estar e a qualidade da pele, surgem mitos e verdades sobre se essa prática realmente possui benefícios ou eficácia.

Aline Senatore, especialista em ginástica facial e criadora do método ‘Xô Rugas’, conta que há diversos estudos que comprovam a eficácia dos exercícios faciais. “Um artigo publicado na JAMA Dermatology, indica que 30 minutos de exercícios diários já são suficientes para ver resultados significativos em algumas semanas. Então, a técnica acaba sendo uma ótima opção para quem não deseja se submeter a procedimentos invasivos”, diz ela.

Abaixo, ela esclarece quais são os mitos e verdades sobre a ginástica facial:

Exercícios faciais causam rugas

Mito! – “O movimento repetitivo dos músculos faciais durante a ginástica não causa rugas. A prática ajuda a fortalecer a musculatura da região, o que suaviza as linhas de expressão ao fortalecer os músculos”.

Ginástica facial tonifica os músculos da face: “Com certeza, assim como

Verdade! – “Exercícios físicos que tonificam os músculos do corpo, a ginástica facial fortalece e tonifica os músculos da face. E isso reflete ao amenizar as linhas finas e rugas, melhorando o contorno da mandíbula, além de promover um aspecto mais descansado e rejuvenescido”.

A prática melhora a circulação sanguínea:

Verdade! –“Os exercícios estimulam a circulação sanguínea na região, o que pode trazer benefícios como uma pele mais radiante e saudável”.

Ginástica facial pode aliviar a tensão:

Verdade! “Assim como a yoga tradicional, a facial pode ajudar a relaxar os músculos da face e aliviar a tensão acumulada, contribuindo para o bem-estar geral”.

Por fim, Aline ressalta que o tempo de prática dos exercícios faciais e seus efeitos visuais variam de pessoa para pessoa por causa da genética e do estilo de vida. “É importante se cuidar, praticar exercícios físicos e manter hábitos saudáveis para ter melhores resultados”.

Confira também:

Fique por dentro das novidades com a #TrendsCHK.
Siga a gente nas redes sociais @trendschk.

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Lucas Nóbrega

Deixe um comentário