fbpx

A Vasart da dicas infalíveis para cuidar das plantas durante o Verão

A Vasart e os paisagistas Luiz Felipe e Luiz Gustavo, da Folha Paisagismo, apresentam dicas para tratar as espécies de forma adequada durante os dias de temperaturas altas

É essencial hidratar as plantas adequadamente no calor para que elas se desenvolvam de forma plena | Na imagem, a coleção Deco da Vasart, assinada pela Folha Paisagismo | Foto: Luis Gomes

Nos últimos dois anos, cresceu consideravelmente o número de pessoas que passou a cultivar plantas em casa. No entanto, para quem ainda não tem muita experiência, pode encontrar dificuldades para cuidar das espécies, sobretudo no Verão, período em que elas necessitam de um tratamento diferenciado. Para contribuir com essa tarefa, nada melhor do que contar com as recomendações de especialistas. Por isso, a empresa de vasos contemporâneos e sustentáveis Vasart, em parceria com os paisagistas Luiz Felipe e Luiz Gustavo, da Folha Paisagismo, trazem dicas para quem quer manter as plantas saudáveis.

“Durante o Verão é preciso redobrar os cuidados com as plantas. Para quem ainda não está acostumado, é importante ter a mão soluções práticas. Pensando nisso, fizemos uma parceria com a Folha Paisagismo, para a criação da coleção Deco, que apresenta vasos com características especiais, como bocas mais largas, dimensões estratégicas, além de coletores de água embutidos, que dispensam o uso de pratos e tornam o visual mais clean”, afirma Silvana Novaes, diretora de marketing da Vasart.

Vasos na cor terracota, que trazem alegria para a decoração ainda mais no Verão | Coleção Deco da Vasart, assinada pela Folha Paisagismo | Foto: Luis Gomes

Regas

Geralmente, no Verão, as pessoas acabam cometendo dois tipos de erros: o primeiro é regar as plantas menos do que o necessário, afinal nessa época elas pedem mais água em razão do calor (além da questão da evaporação mais rápida, do que o normal) ou, o segundo exemplo que é exatamente o contrário: a rega em excesso – ou concentrada em um único ponto – pelo fato dos dias estarem mais quentes, o que poderá deixar a planta encharcada. Portanto o equilíbrio será extremamente necessário!

“Nesse período, é preciso ficar mais atento à hidratação da planta, por isso sempre coloque o dedo na terra para verificar a umidade do solo. Além disso, observe se os pratinhos ou gavetas estão com excesso de água depois de regar”, recomenda Luiz Gustavo.

“Uma dica interessante é borrifar água nas folhas suavemente, realizar a rega de forma mais devagar e uniforme, para ter certeza de que a planta está absorvendo o necessário, além de não fazer isso durante os horários de sol intenso. Portanto, deixe para fazer isso no início da manhã ou no final da tarde”, aconselha Luiz Felipe.

Vasos da Coleção Deco com coletores de água embutidos. Essa é uma solução prática que dispensa o uso dos pratos e torna o visual muito mais limpo | Fotos: Luis Gomes e Divulgação Vasart

Cuidados no lar

Em razão da mudança de posição do sol nessa época, é importante ficar de olho caso suas plantinhas estejam recebendo mais ou menos luz solar do que o necessário. “Tome muito cuidado, principalmente, com aquelas que não podem receber sol direto nas folhas, alerta Luiz Felipe. Uma ideia sugerida pelos irmãos é trocar os vasos de lugar para que seja feito um equilíbrio entre luz e sombra.

As regas devem ser feitas, preferencialmente, no início ou no final do dia. Os períodos de sol intenso devem ser evitados para essa prática |Coleção Deco da Vasart, assinada pela Folha Paisagismo | Foto: Luis Gomes

Podas

Os paisagistas também aconselham não realizar podas muitos drásticas no Verão, pois o Outono, no geral, é uma estação mais indicada para esse fim. Portanto, apenas faça as podas de rotina ou limpeza (de folhas e galhos secos) nesse momento e deixe as mais complexas para depois.

É preciso ficar atento à hidratação da planta, por isso coloque o dedo na terra para verificar a umidade do solo | Coleção Deco da Vasart, assinada pela Folha Paisagismo | Foto: Luis Gomes

Outros cuidados

Tem plantas com flores? Então aproveite para adubá-las nessa época! “Sempre indicamos o uso de adubos orgânicos”, diz Luiz Felipe. E, independente da época, sempre esteja atento às pragas e erva daninhas presentes nos vasos”, completa Luiz Gustavo.

Os paisagistas Luiz Felipe e Luiz Gustavo, da Folha Paisagismo, reunindo os vasos para a realização do plantio das espécies | Foto: Luis Gomes

Dica da Vasart

Falando na rega, a Vasart apresenta duas soluções interessantes para quem fica pouco em casa e quer garantir que as plantinhas não passem sede: o Vaso Autoirrigável Maré (30cm x 40cm), que possui reservatório de água com capacidade para até 3 litros. Além da Horta 365 Autoirrigável (39cm x 64cm), que possui reservatório de água com capacidade para até 5L. Ambos funcionam de maneira semelhante: após o primeiro abastecimento, é possível monitorar o nível de água por meio do visor em formato de gota. Se estiver verde, tem água o suficiente. Caso contrário, é necessário reabastecê-lo.

Horta 365 Autoirrigável e o Vaso Autoirrigável Maré, ambos da Vasart | Divulgação Vasart

Confira também:

Fique por dentro das novidades a #TrendsCHK.
Siga a gente nas redes sociais @trendschk.

NEWSLETTER

Receba as novidades no seu e-mail

Written by: Eduarda Costa

Deixe um comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com